News

Nova história Jack Daniel’s para atrair os millennials

Nenhum Comentário

A famosa destilaria Jack Daniel’s completará 150 anos em 2016. E, para quem tem curiosidade, a história da marca começa com o jovem Jack Daniel, na década de 1850. Jack foi trabalhar para um pastor, comerciante e fabricante de bebidas chamado Dan Call. Com ele, o americano aprendeu a arte de fazer uísque e, a partir de 1866, começou a produzir o Jack Daniel’s, na pequena cidade americana de Lynchburg, no estado do Tennessee.

Pelo menos é assim que a história era contada.

Uma nova versão – que já era conhecida, mas não era oficialmente confirmada – começou a ser divulgada pela própria Jack Daniel’s. A história atualizada inclui a presença de Nearis Green, que era um dos escravos de Dan Call. Green teria sido o verdadeiro responsável por ensinar Jack Daniel a fazer uísque.

“Precisou de algo como nosso aniversário para começarmos a falar sobre nossa história”, afirmou Nelson Eddy, historiador e funcionário da Jack Daniel’s ao New York Times.

O reconhecimento do papel de Nearis Green não é simples de provar, pois grande parte dos relatos foram no boca-a-boca e poucos registros que possam comprovar a participação do escravo de Dan Call existem.

A “verdadeira” história da destilaria neste momento também é uma estratégia de marketing para atrair os millennials, geração cada vez mais preocupada com a justiça racial.

Ao jornal NYT, Peter Krass, autor do livro “Blood and Whiskey: The Life and Times of Jack Daniel”, disse que, nos anos 1980, a marca tentou se conectar aos yuppies.

Agora, tenta se ligar aos millenials, muito atentos às questões sociais de “justiça”.

Os escravos sempre estiveram muito envolvidos na produção de destilados no sul dos Estado Unidos. Eles faziam grande parte do trabalho braçal, mas também possuíam habilidades muito importantes para a produção da bebida.

Grande parte da origem do bilionário mercado americano de uísque é creditada a imigrantes alemães, escoceses e irlandeses.

A escravidão foi abolida nos Estados Unidos em 1865 com a ratificação da 13ª emenda à constituição americana. No ano seguinte, Jack Daniel abriu sua destilaria e contratou dois dos filhos de Nearis Green. Depois disso, a lembrança da família Green foi desaparecendo da história da marca, até ser ‘assumida oficialmente agora’.

EN